3 dicas para proteger seu computador de vírus

3 dicas para proteger seu computador de vírus

O termo vírus é antigo e designava programas que tinham como função danificar o computador ou os demais aplicativos do usuário. Hoje esse tipo de software evoluiu muito e é mais conhecido como Malware.

Atualmente é difícil de se detectar um malware sem ajuda de aplicativos antivírus. Os antivírus são desenvolvidos para realizar o monitoramento e varreduras de identificação da existência de malwares.

Entre os malefícios causados, está a possibilidade de monitorar câmeras, microfones e teclados. Os malwares podem também roubar informações ou “bloquear” arquivos com senha. Em alguns casos, o dispositivo do usuário passa a ser utilizados como uma espécie de “zumbi”, trabalhando de forma silenciosa para gerar lucros, infectar outras máquinas, entre outros crimes cibernéticos.

Como é possível ver eles são muito dinâmicos e perigosos e nem sempre o uso apenas de um antivírus será suficiente para evitá-los. Sendo assim separamos abaixo algumas dicas de como se prevenir e amenizar essas ameaças invisíveis.

A primeira dica não poderia ser diferente: Use sempre um bom antivírus e  o mantenha atualizado. Os antivírus gratuitos podem ajudar, mas são limitados e carecem de algumas ferramentas que podem ser úteis para muitas pessoas. Os antivírus mais sofisticados mantêm um vasto banco de dados com amostras dos vírus que eles detectam, usam mecanismos de análises mais complexas para detecção de ameaças e, alguns inclusive usam servidores onde realizam a execução de “programas suspeitos” em uma máquina virtual protegida, com intuito de monitorar suas ações. No caso de identificado como malicioso, gera uma assinatura digital para poder detectá-lo em outras máquinas, realizando todo o processo em um tempo curto, onde todos os usuários que fazem uso do antivírus já estarão protegidos contra essa “nova ameaça”.

A nossa segunda dica é: Mantenha seu sistema operacional e demais aplicativos atualizados. Essa dica você verá em inúmeros artigos sobre segurança e não é à toa. Os programas, por melhores que sejam, estão sujeitos a erros que podem comprometer a segurança dos seus usuários, por isso, é comum as empresas estarem sempre lançando novas versões que corrigem erros de segurança.

Terceira dica: Cuidar com as fontes fornecedoras dos seus downloads. Quem nunca se deparou com um site de downloads de música ou filme online cheio de propaganda que ficam pulando na tela com frequência? Ou quem sabe baixou um software ou game irado e que, por algum motivo estranho, pedia pra você desativar o antivírus antes de instalar!?! Porque desativar o antivírus se é “apenas” um jogo?

O que acontece nestes sites é que pode haver alguma propaganda / banner que pode estar infectado com scripts maliciosos que infectam sua máquina, principalmente se você não usa antivírus e seu navegador está desatualizado.

Os jogos de origens não oficiais, também podem ser perigosos pois os arquivos executáveis são alterados para poderem rodar ilegalmente e não é possível saber que tipo de alteração ou função aquele aplicativo alterado é capaz de fazer na sua máquina.

Tendo em vista todas as possibilidades abordadas e visando a segurança dos nossos clientes, sugerimos que sigam as dicas acima e não façam acesso a sites estranhos e de preferência façam consumo de produtos originais.

Leia também: Você sabe o que é o cache do seu navegador de internet?

  • ChatWeb